25 de ago de 2008

Reciclagem dos Aparelhos Celulares

Somente 2% dos brasileiros destinam seus celulares usados para a reciclagem !
O número é baixo mas está em sintonia com a média mundial: apenas 3% dos celulares vendidos voltam à linha de produção

A Vivo passou a coletar aparelhos usados em suas lojas desde 2006. Este ano a companhia ampliou o programa para a rede de assistência técnica, num total de 3,4 mil locais.

Em março, a operadora Claro também criou um programa de recolhimento, em 140 lojas próprias. Até o final do ano, a empresa pretende chegar a 3,3 mil pontos de coleta, incluindo os agentes autorizados.

O recolhimento e o desmonte dos aparelhos e baterias são feitos por empresas especializadas, que separam os componentes plásticos, circuitos eletrônicos e metais. Ainda não existe obrigatoriedade de coleta de aparelhos. A exceção são as baterias fabricadas até 2000, que continham metais pesados como cádmio, chumbo e mercúrio - a resolução 257/1999 do Conama prevê a responsabilidade, por parte do fabricante, de retirar as baterias de circulação.

A Nokia tem um programa incipiente de coleta, com 162 pontos em todo o País. Os aparelhos e acessórios ficam armazenados em um depósito da empresa, antes de serem desmontados por empresas especializadas. Cada item segue um destino diferente. Os visores, por exemplo, podem ser reaproveitados pela indústria de brinquedos eletrônicos ou para fabricar novos celulares.

fonte: www.estadao.com.br

Nenhum comentário: