12 de jul de 2008

Morar em um Container?



Parece incrível, trata-se de uma cidade de containers!



Correios doam uniformes para reciclagem

Clique no link abaixo para assistir a matéria sobre o projeto dos Correios


http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM851861-7823-NOVOS+DESTINOS+PARA+OS+RESIDUOS,00.html

3 de jul de 2008

Outra Receita de Sabão Ecológico

  1. Peneire o óleo usado em frituras para retirar os resíduos e as impurezas;
  2. Aqueça sem deixar ferver;
  3. Use luvas e adicione soda cáustica (350ml para cada litro de óleo);
  4. Para perfumar, adicione 1 ml de aromatizante ou amaciante;
  5. Mexa lentamente por 20 minutos;
  6. Deixe descansar por 1 dia e corte em barras;
  7. Após uma semana está pronto para ser utilizado.

Eles vem em casa coletar !

Óleo doméstico

É aquele que você usa no dia a dia para cozinhar. E como recuperar? É fácil:
• Tão logo termine de cozinhar, deixe o óleo esfriar.
• Pegue uma peneira e deixe o óleo escorrer.
• Sem resíduos sólidos, o despeje em uma garrafa PET.
• Feche e entre em contato com nossa equipe que vai fazer a retirada pelo telefone 0800 723 1180 (ligação gratuita) ou mande um e-mail para:doeoleo@comanche.com.br

Qualquer dúvida acesse o site abaixo

http://www.comanchecleanenergy.com/fundacaocomanche/index.htm

site da ilha

http://ecoble.com/2007/11/18/250000-bottles-amazing-recycled-mexican-island-paradise/

ILHA DE GARRAFAS PET : INCRÍVEL !

A estrutura da ilha era formada por redes com garrafas pet e por cima uma grade feita de bambu e madeira compensada. A ilha localizada perto do lago Puerto Aventuras na costa Caribenha do México tinha 20 por 16 metros e podia ser movimentada de lugar facilmente por um motor de barco. Em 2005 o furacão Emily atingiu com toda a força o México e a ilha foi totalmente destruída. Mas a persistência de Richie Sowa ainda não. Neste ano ele iniciou um novo projeto de uma ilha ainda maior, mas em um lugar mais tranqüilo do México. Estima-se que até o final de 2008 a ilha esteja em pleno funcionamento novamente. O projeto ganhou até comunidade na web chamada de The Spiral Islanders Network onde pessoas podem conversar e discutir o projeto com Sowa.

Desconto para quem evitar sacola plástica

11/06/2008 - Agência EstadoUm grupo de padarias de São Paulo lançou uma campanha que vai dar desconto aos consumidores que optarem por trocar as tradicionais sacolas plásticas pelas sacolas ecológicas feitas de pano para carregar as compras. O objetivo é conscientizar a população pelo bolso sobre o impacto do plástico no meio ambiente e reduzir o número de sacolinhas utilizadas - são pelo menos 40 milhões por dia em todo o País. Por enquanto, o esquema de desconto mediante a troca de sacola está funcionado em apenas uma padaria, mas deve somar 50 estabelecimentos já nos próximos dias e 4 mil em até seis meses. Hoje, o cliente de uma padaria, no Brooklin, Zona Sul de São Paulo, pode comprar a sacola de pano e ainda obter desconto de 5% nas compras acima de R$ 10. Quem consumir mais de R$ 30 em mercadorias leva a sacola de graça."Cada padaria vai dar o desconto que quiser. Mas mais do que a vantagem financeira está a importância ecológica de se usar a sacola vai e volta - nome dado à novidade“, disse o presidente do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Estado de São Paulo.Segundo ele, além da campanha das sacolas o sindicato pretende lançar outros dois novos projetos de reciclagem em breve: uma para reciclar o óleo de cozinha desperdiçado pelas padarias e outro destinado à reciclagem de garrafas PETs. "É um megaprojeto socioambiental", completou Pereira.

SACOLAS ECOLÓGICAS




GARRAFAS PET



Para reduzir o volume das garrafas de PET que são descartados nos aterros, Takashi Utsumi desenvolveu um aparelho filetador, que permite rapidamente cortar garrafas em tiras.



Os filetadores são fabricados artesanalmente e podem ser adquiridos mediante encomenda por e-mail (takashi@utsumi.com.br) ou por telefone: (11) 3735-1920. Para ver alguns trabalhos realizados com o filetador clique aqui.fonte: http://www.utsumi.com.br/








Reciclando o óleo de fritura: SABÃO

Atenção: alguns ingredientes são tóxicos ou combustíveis e não devem, em nenhuma hipótese, ser manuseados por crianças e pessoas despreparadas. Não nos responsabilizamos pelo resultado das receitas e o uso inadequado dos ingredientes.

Ingredientes:

- 4 litros de óleo de fritura usado (filtrado);
- 2 litros de sebo de vaca (consegue-se no açougue);
- 1 kg de soda cáustica em escamas;
- 4 litros de álcool combustível
- 2 litros de água.

Preparo:

- Aquecer o sebo juntamente com o óleo até que o sebo derreta (não deixar muito quente); em uma bacia plástica grande, despejar a mistura óleo mais sebo e adicionar o álcool.
- Em um balde de plástico, colocar a água e despejar a soda e mexer com um pedaço de pau ou plástico até a total dissolução.
- Despejar a soda diluída na outra bacia aos poucos, mexendo sem parar até que se obtenha um ponto tipo geléia.
- Despejar em bacias plásticas retangulares e deixar esfriar.
- Quando estiver quase duro, cortar com uma faca e retirar os pedaços de sabão. Deixá-los em uma caixa de papelão revestida com saco plástico por 15 dias antes de utilizá-los.
Setor Reciclagem

VOCÊ SABIA ?



Que para se fazer uma tonelada de papel são derrubados VINTE EUCALIPTOS, que demoram 7 anos para crescer?






Dicas de reciclagem

  • Poupe papel, usando o outro lado para tomar notas ou fazer rascunhos;

  • As fotocopiadoras e as impressoras a laser utilizam cassetes de toner de plástico, que freqüentemente têm de ser substituídas. Contate uma empresa que recicle esse plástico ou que o use novamente;

  • Instale LÂMPADAS FLUORESCENTES: Substituir uma lâmpada tradicional por uma fluorescente evita o consumo de energia equivalente a cerca de um barril de petróleo ou 317 quilogramas de carvão, que produziria 1 tonelada de dióxido de carbono (o maior gás de estufa) e 6 quilogramas de dióxido de enxofre, que contribui para a chuva ácida. As lâmpadas fluorescentes, além disso, duram em média, 13 vezes mais do que uma lâmpada incandescente.

  • Desligue as luzes e os equipamentos (computadores fotocopiadoras, etc.) quando sair do escritório. Está provado que, se durante um ano desligarem-se dez computadores pessoais, à noite e durante os fins-de-semana, vai se poupar em energia o equivalente ao preço do computador. Instale sensores de presença que desliguem as luzes sempre que a sala fique vazia.

COMO DESCARTAR BATERIAS

Cuidados com as pilhas e baterias !
Não jogue no lixo comum. De acordo com a Lei Estadual nº 3.417/00, baterias de telefones celulares, baterias de veículos automotores e pilhas devem ser separadas dos demais lixos e jogadas fora em recipientes próprios, que devem ser disponibilizados em locais visíveis, como lojas e departamentos que vendem estes produtos. Separados seletivamente, estes materiais deixarão de ser enterrados ou jogados às margens dos rios, contaminando o solo e águas com metais pesados como chumbo, o cádmio e o níquel, altamente prejudicais ao meio ambiente e aos seres vivos.

2 de jul de 2008

Os estragos causados pelo óleo de cozinha


O óleo de cozinha é um dos alimentos mais nocivos ao meio ambiente. Jogado no ralo da pia, ele termina contaminando rios e mares. Eis o número:
1 LITRO de óleo de cozinha polui 1 MILHÃO DE LITROS de água.
Como reciclar: colocar o óleo em garrafas PET bem vedadas e entregá-las a uma das várias organizações especializadas nesse tipo de reciclagem (ver no site http://www.cempre.org.br/).
Destinos do óleo usado: fábricas de sabão e produção de biodiesel.
"Planeta Sustentável"

IMPORTANTE: O LIXO RECICLÁVEL DEVE ESTAR SEMPRE SECO E LIMPO


PAPÉIS: todos os tipos são recicláveis, inclusive caixas do tipo longa-vida e de papelão.
Não recicle papel com material orgânico, como caixas de pizza cheias de gordura, pontas de cigarro, fitas adesivas, fotografias, papéis sanitários e papel-carbono.

PLÁSTICOS: 90% do lixo produzido no mundo é composto de plástico. Por isso, esse material merece uma atenção especial. Recicle sacos de supermercados, garrafas de refrigerante (pet), tampinhas e até brinquedos quebrados.

VIDROS: quando limpos e secos, todos são recicláveis, exceto lâmpadas, cristais, espelhos, vidros de automóveis ou temperados, cerâmica e porcelana.

METAIS: além de todos os tipos de latas de alumínio, é possível reciclar tampinhas, pregos e parafusos. Atenção: clipes, grampos, canos e esponjas de aço devem ficar de fora.