31 de jan de 2011

Remédios Vencidos


Hoje no Jornal Nacional, o W.B. trouxe à tona um problema muito sério, mas que nunca é comentado. Todos falam tanto em poluição do meio ambiente e se esquecem dos remédios vencidos.
Quanto medicamento é jogado fora de maneira errada por esse mundo afora.
As farmácias há muito tempo tiveram que se adequar às novas normas da Anvisa, e pagam taxas altas para ter seu lixo químico recolhido.
Não seria obrigação do Estado provér esse recolhimento? Ou seria dos fabricantes de medicamentos?
O fato é que a maioria ainda joga seu vidrinho vencido no lixo, ou no vaso sanitário.
Esses produtos vão então se misturar a água, e percorrerão um longo percurso até chegar aos rios e mares. Vão penetrando no solo, poluindo os lençóis freáticos, contaminando o meio ambiente, e depois vão acabar nos prejudicando lá adiante.
Imaginem os legumes e verduras que consumimos recebendo água misturada à antibióticos, hormônios, entre outros medicamentos que podem nos prejudicar! Ou as criações bebendo água contendo drogas que podem se depositar nos seus tecidos, que depois vamos consumir!
Enquanto o Estado não decide o que fazer com esse lixo químico, aconselho que quem tem medicamentos vencidos em casa, os leve à uma farmácia ou drogaria para que esses estabelecimentos façam o seu descarte de maneira correta.
Parece que  a Prefeitura de São Paulo tem um projeto de descarte feito em três lojas Extra e duas lojas do Pão de Açúcar. Mas é bom se informar antes, deixo o link da Prefeitura para qualquer esclarecimento http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/servicos/noticias/index.php?p=23260


2 comentários:

Beth disse...

Olá querida!
Eu também vi essa matéria, um perigo!!!
Tem sorteio no meu cantinho, qdo puder dê um pulinho lá e participe!
Beijosss

Renata disse...

Oi add vc. Qdo der, passe lá no meu blog tb.

Ah colega, uma pena que só nas grandes cides (e capitais?) estão se mobilizando... minha cidade é grande mas mal cuida do lixo, quase não recicla... imagina remédios
:(