12 de ago de 2011

Seu Pet Fugiu ! E agora ?

Seu animalzinho de estimação fugiu! E agora?
Você pode recorrer aos caça-pets:

Em São Paulo:


Oscar Sils e Daniel Labonia criaram a Osgate, uma empresa de socorro e transporte de pets acidentados, adoecidos ou foragidos. Para garantir a eficiência do serviço, a dupla equipou uma viatura com recursos de uma UTI móvel veterinária. Hoje, a Osgate recebe em média três ligações por dia, cobrando entre R$ 80 e R$ 150 por chamado, dependendo do grau de dificuldade.

Luciano de Oliveira Pedroso criou o Fofão Resgate de Animais. Ele e a equipe da veterinária Cyntia Mello atendem em média a 80 chamados por mês na Grande São Paulo e no litoral. São uma espécie de paramédicos de animais
"O serviço é uma mistura de táxi e ambulância: transporta animais que precisam de cuidados especiais, mas sem os mesmos aparatos da UTI móvel da Osgate. “Às vezes o animal fica indócil ou sente dores e por isso oferece resistência para ser transportado”, diz Luciano. Ele e Andréia acalmam o bicho para facilitar a remoção, mas só fazem o transporte se houver um responsável. “Não recolhemos os animais. Fazemos o atendimento e levamos para o hospital, sempre com alguém que se responsabilize”, afirma. O preço do serviço varia conforme a distância.


Rio de Janeiro:

Tony, como é conhecido o administrador Antonio Pires Gonçalves, carrega um arsenal de armadilhas importadas, duas americanas e uma canadense, para capturar animais indóceis.
Ele atende a cerca de cinco chamados por dia e cobra de R$ 50 a R$ 100 por resgate. Tony presta serviço para empresas e condomínios que querem retirar gatos e cachorros invasores, que ele encaminha para a Sociedade Protetora dos Animais.

Mas o ideal mesmo é evitar ao máximo que seu bichinho fuja.
Encontrar animais perdidos é uma tarefa com baixo índice de sucesso. “É difícil evitar que um animal escape”, diz Oscar. “Quanto mais cedo se começa a procurar, é mais fácil de encontrar”
Seguem a seguir algumas dicas:






Vi aqui

Nenhum comentário: